VOCÊ SABE O QUE É COLELITÍASE?

Você sabe o que é colelitíase?

Colelitíase ou pedra na vesícula é a presença de cálculos na vesícula biliar.

Esses cristais ou cálculos podem ocorrer em diversas porções do trato biliar, como o ducto colédoco (causando Coledocolitíase) e a vesícula biliar. Os cristais podem obstruir o trato biliar, causando icterícia, e o ducto pancreático, levando à pancreatite. A colelitíase se trata especificamente da formação desses cristais na vesícula biliar.

Os sintomas mais comuns de colelitíase são desconforto na região abdominal e dores no hipocôndrio direito (abaixo das costelas) e epigástrio (“boca do estômago”). Podem vir associadas a náuseas e vômitos, além de intolerância alimentar, principalmente para alimentos gordurosos. Entretanto, ela geralmente é assintomática até os estágios avançados.
É mais comum em mulheres, obesos e pessoas em idade fértil. O que dá origem à referência mnemônica dos "5 F's", do inglês: Fat, Fertile, Females, Forty e Family
.

É importante ressaltar que o simples fato de não se encaixar nesse perfil, não impede que os cristais se desenvolvam. Esse perfil é apenas o mais comum entre pessoas que apresentam o problema.


O tratamento, atualmente mais recomendado, é a remoção total da vesícula biliar, chamada colecistectomia, pois era muito comum a formação de novos cristais após a cirurgia de remoção dos mesmos. A colecistectomia pode ser realizada através da videolaparoscopia, padrão ouro no tratamento, que proporciona mínimas cicatrizes, rápida recuperação pós-cirúrgica e retorno precoce as atividades.


Existem outros tratamentos como litotripsia, antiespasmódicos, anticolinérgicos, ácido desoxicólico ou ursodesoxicólico e outros dependendo do tipo do cálculo e do paciente, são considerados tratamentos de exceção reservados apena para pacientes com alto risco cirúrgico.